IE 6 devo ou não desenvolver sites pensando nele?


ie6

Essa é sempre uma grande dúvida quando começo algum projeto novo, mas acabo sempre pensado nas estatísticas que faço utilizando o Google Analytcs e como sempre desenvolvo sites utilizando de boas técnicas de Cross Browser.

Não tem como negar ainda existe no mínimo de 10 a 15% de usuários utilizando o IE 6 os números não mentem e enquanto as empresas não pensarem que precisam se modernizar isso não acaba, mais por que falo isso, é incrível mais a um mês atrás criei um site para uma imobiliária e por incrível que pareça tive uma grande surpresa quando o pessoal da empresa me ligou falando que o site estava com algumas informações fora de lugar, então orientei a pessoa que estava falando comigo ao telefone para verificar a versão do browser e foi surpreendente saber que a versão usada era IE 5.5, eu com certeza não ficaria surpreso se fosse um lugar qualquer mais uma imobiliária com aquele nível e cartela de clientes utilizar de um browser tão antigo achei um absurdo, fiquei imaginando qual era a versão do sistema operacional deles e das ferramentas de trabalho.

Por isso que sempre penso no crossbrowser, acho que todos os web designers apesar de achar muito chato ter que ficar testando e concertando bugs de IE 6 sempre pensar dessa maneira.

Apesar de muita gente decretar o funeral ao ie6 ele esta ai e vai fundir muito a nossa cabeça ainda,  para fazer com que todos tenham boas experiências através da internet, o que me deixa triste é que isso causa um grande impacto na evolução da web, já que se não houvesse o IE 6 e muito menos o IE 7, hoje já poderíamos pensar em desenvolver sites usando tecnologias mais avançadas como o HTML5 e o CSS3.

Mas não perco as minhas esperanças um dia os usuários serão obrigados a dar fim em tecnologias antigas, pois não haverá possibilidade de uma boa experiência usando navegadores do passado.





Artigos Relacionados


Designer de Interface pós graduado em Arquitetura da Informação. UI/UX Designer e Front-end Developer, atualmente atendo empresas como freelancer e sou colaborador em uma agência de comunicação onde desenvolvo interfaces criativas com foco na experiência do usuário. Organizador por natureza acredito que o caos é a matéria-prima necessária.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>