Design com Conceito


Design-com-Conceito

Aquilo que dizem por ai “é com a experiência que vem a excelência” posso afirmar que cada palavra dita esta totalmente correta. Hoje aprendi coisas valiosas sobre o design, coisas que já ouvi na faculdade, em livros e de vários profissionais do mercado, para se fazer design de verdade é necessário gastar tempo, é preciso parar e pensar, pesquisar, reunir conteúdos, imagens  e inspirações.

Se você quer começar errado, sente na frente de um computador, abra uma ferramenta gráfica e comece a criar efeitos e vetores, comece a escolher a tipografia que vem em sua mente ou aquela que parece ser mais adequada, pronto certamente já esta tudo errado. O mais engraçado disso tudo é que isso acaba sendo a atitude mais comum em empresas, já que os prazos são curtos e parece que o pessoal do comercial e atendimento não se importa do porque ou o que é design mais sim quer algo que atenda a necessidade do cliente e pronto.

Diante dessa situação o Designer enfrenta o que posso chamar de design sem conceito, ou seja, rabiscos aleatórios sem sentido, tentando dar vida ao produto que precisa se destacar e chamar a atenção das pessoas.

Quando se faz esse tipo de “design” estamos esquecendo da essência, da excelência que o produto precisa ter para conquistar seu espaço dentre tantos outros, o conceito por traz da criação gera curiosidade e desperta lembranças e associações de aspectos emocionais ao seres humanos, tira a sensação de cansaço visual, pois mostra uma nova identidade a qual não se viu antes, apenas referências a partir de outros objetos ou abstrações da realidade física.

A palavra Conceito propriamente dita vem do latim conceptus, do verbo concipere, que significa “conter completamente”, “formar dentro de si” é aquilo que a mente concebe ou entende: uma ideia ou noção, representação geral e abstrata de uma realidade.

A partir disto o Designer deve antes de tudo saber escutar, observar e questionar coisas que pessoas comuns não percebem, antes de responder é necessário fazer as perguntas, para que o conceito seja moldado.

Design com conceito é criar estabelecendo condições de argumentos e defesas, mostrando o porquê se chegou ao resultado, qual foi o caminho e toda a importância de cada cor, tipografia, imagens, frases, curvas, tamanhos entre outras coisas que fazem um site ou uma arte gráfica ter a importância que tem, e o resultado e benefícios  que trarão para os negócios da empresa responsável pelo produto.

Criar um conceito para um determinado projeto é difícil?! Sim certamente, essa é a tarefa mais complexa, e que muitos fogem, às vezes a necessidade de ver um resultado o mais rápido possível se torna prioridade e esquece de que a paciência nesses casos deve ser uma amiga constante, já que estabelecer um conceito que fará o cliente dizer “é disso que precisávamos” é uma tarefa que requer muita observação e interpretação dos requisitos entregues.





Artigos Relacionados


Designer de Interface pós graduado em Arquitetura da Informação. UI/UX Designer e Front-end Developer, atualmente atendo empresas como freelancer e sou colaborador em uma agência de comunicação onde desenvolvo interfaces criativas com foco na experiência do usuário. Organizador por natureza acredito que o caos é a matéria-prima necessária.

Um comentário em “Design com Conceito

  1. Fernanda 21 de junho de 2012 20:52

    kd o RSS pra gnt acompanhar o blog com o flipboard ou Google currents????

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>