Técnicas para Avaliação de Usabilidade – Parte I – Inspeção


tecnicas-de-inspecao-usabilidade

As técnicas para avaliação de usabilidade em um projeto consiste em 4 fatores, primeiramente vamos falar sobre a Inspeção mais nesta introdução vou listar esses fatores.

  • - Inspeção
  • - Observação
  • - Inquirição
  • - Experimento

Nessas serie de 2 posts vou falar um pouco sobre Inspeção e Inquirição, como devem ser aplicadas e para que servem, vamos iniciar então com a inspeção



Inspeção



No teste de Inspeção precisamos seguir 3 diretrizes

  • Listas de verificação (checklists)
  • Recomendações e guidelines
  • Padrões de projeto

Os testes de inspeção são aplicados por especialistas, tanto de usabilidade, arquitetura de informação e profissionais especialistas que entendem do negocio. Para este teste é necessário em média  4 a 6 profissionais, claro não é uma regra apenas o recomendado.

Primeiramente se mapeia todos os possíveis problemas de usabilidade do produto, para isso é necessário uma reunião com todos os especialistas envolvido, e descreve cada um dos problema encontrados no produto. A partir disto cada profissional ira se responsabilizar por apontar os níveis de prioridade para cada problema encontrado.

Neste caso iremos criar um checklists para saber o que tem maior prioridade. A lista abaixo mostra o valor a ser atribuído para cada problema seguindo a legenda desses valores.

  • 0 –  Não é necessariamente um erro de usabilidade
  • 1 – Problema estético, não é necessário ser corrigido ao menos que haja tempo disponível.
  • 2 – Problema menor de usabilidade. Baixa prioridade
  • 3 – Problema maior de usabilidade. Alta prioridade
  • 4 – Catástrofe. Corrigi-lo imediatamente.
Essa tabela de prioridade foi desenvolvida por Nielsen.

É necessário que os especialistas envolvidos trabalhem isoladamente com os problemas propostos avaliando cada um deles através da tabela de prioridades descritas acima baseando-se nas heurísticas de usabilidade comumente aceitas.

Após os especialistas envolvidos classificarem em uma tabela o nível de prioridade para cada problema de usabilidade, é cruzado as tabelas e começa a ver as semelhanças entre elas e ver qual problema merece uma atenção maior.

Estou colocando a disposição um artigo do meu professor de Usabilidade, onde você pode observar com mais detalhes os elementos do teste de Inspeção, o artigo possui mais informações que não foram abordados neste post, trazendo uma visão mais ampla do resumo que propus.

http://pt.scribd.com/doc/50857920/Usabilidade-e-Metodos-de-Avaliacao-de-Usabilidade-de-Interfaces-WEVBhttp://pt.scribd.com/doc/50857920/Usabilidade-e-Metodos-de-Avaliacao-de-Usabilidade-de-Interfaces-WEVB

Até a próxima parte.

 





Artigos Relacionados


Designer de Interface pós graduado em Arquitetura da Informação. UI/UX Designer e Front-end Developer, atualmente atendo empresas como freelancer e sou colaborador em uma agência de comunicação onde desenvolvo interfaces criativas com foco na experiência do usuário. Organizador por natureza acredito que o caos é a matéria-prima necessária.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>